Dieta das Notas.

Dieta das Notas:

Dieta das notasEmagrecer e poder comer o que quiser. Pode parecer o anúncio de uma marca de dietas tendenciosa, mas na realidade, trata-se da dieta das notas que, sim, permite a ingestão de qualquer alimento e ao mesmo tempo ajudar a emagrecer.

A iniciativa é boa para quem não consegue se adaptar aos novos cardápios, precisa de um empurrão e controle na alimentação atual. Com moderação, diminuir as medidas no guarda-roupas pode ser menos duro, do que os cardápios rigorosos que podem ser desestimulantes para a mulher.

A dieta das notas consiste na contagem de calorias que a pessoa consome durante o dia. A diferença das demais é que cada caloria corresponde a 0,5 nota. Logo, 5 notas equivalem a 10 calorias.

O menu é elaborado de acordo com as necessidades da paciente, mas na maioria das vezes a mulher pode descartar o hábito regrado e investir na contagem para melhorar o desempenho. De acordo com o endocrinologia Guilherme Azevedo Ribeiro (RJ), autor do livro “Cardápios Nota 10” – publicação que explica melhor sobre a iniciativa light -, a dieta inclui todas as possibilidades de alimentação.

Sim, você pode incluir, tanto a saladinha de leve no almoço, quanto àquela pizza deliciosa no jantar. Basta manter 505 diárias – que equivalem a 1.000 calorias – por dia. A média é eliminar até 1 kg a cada três dias (mas, não significa que você perderá a quantia certa; o número é uma aproximação de valores).

Carolina Dieckmann, Patrícia Poeta, Fernanda Souza, entre outras famosas já apostaram na ideia e obtiveram resultados significativos nas silhuetas e balança. O objetivo da dieta, além de emagrecer, é com a nota, avaliar cada tipo de alimento e assim, estipular a quantidade certa de cada item, sem vetar nada, mas manter o índice calórico baixo.

Além disso, o médico também separa os grupos alimentares em estrelas, que vão de uma a seis. Quanto maior for o número do alimento, mais importante é o tipo de comida para o seu cardápio.

Os grupos alimentares de seis estrelas são itens que devem estar inclusos diariamente no cardápio, pois contêm poucas calorias, mas possuem carboidratos, proteínas necessárias e são ricos em vitaminas e minerais.

O número de nível cai de acordo com a importância nutricional, gradativamente. Por exemplo, os tipos de comida de uma estrela são aqueles que estão isentos de benefícios e carregam um acúmulo de gordura. Não estão proibidos, mas as pacientes são orientadas a evitá-los.

A regra também é aplicada na frequência em que cada alimento deve ser ingerido: seis estrelas 7 vezes na semana; cinco estrelas de 5 a 6 vezes; quatro estrelas de 4 a 5 vezes; três estrelas de 3 a 4 vezes; duas estrelas de 2 a 3 vezes; uma estrela, 1 vez por semana.

Os cardápios são personalizados, para se ajustar à rotina das pacientes. Portanto, não há uma regra fixa, ou um menu pré-montado para a iniciativa. O cálculo leva também em consideração também o índice de IMC (peso ÷ altura 2) e a altura da mulher.

Embora não exista uma regra, o médico elaborou uma tabela para se basear, ou se orientar durante o dia a dia. Segue Tabela abaixo. Procure, antes e qualquer dieta, um profissional especializado e veja qual orientação segue melhor a sua rotina.

Quanto sua altura permite

dieta nota 10

Conte as Estrelas e emagreça

Seis
(número máximo de estrelas)
São alimentos que você pode comer todos os dias. Têm poucas calorias; quantidade importante de vitaminas e minerais; carboidrato, proteína ou gordura boa (ou com proporção equilibrada entre esses nutrientes); além de ser livre de gordura trans, conservantes, corantes e aditivos.

Um

(número mínimo de estrelas)
Aqui, a maior parte dos alimentos tem muitas calorias e gordura saturada. Não precisam ser cortados da dieta, mas é bom entrar no prato apenas uma vez por semana.

As estrelas indicam quantas vezes os alimentos devem entrar no cardápio

******seis vezes/semana
*****cinco vezes/semana
****quatro vezes/semana
***tres vezes/semana
**duas vezes/semana
*uma vez/semana

Tabela de alimentos

6 estrelas

• Água-de-coco (2 copos/400 ml, 25 notas)
• Cenoura ou palmito (4 col. de sopa, 15 notas)
• Agrião, alcachofra, brócolis, cebola, couve, espinafre, limão ou tomate (à vontade)
 

5 estrelas
• Abacaxi (2 fatias médias, 25 notas)
• Banana (1 média, 25 notas)
• Ervilha, lentilha ou feijão (2 col. de sopa, 25 notas)
• Laranja (1 média, 25 notas)
• Mamão (1 fatia pequena, 25 notas)
• Maçã (1 pequena, 25 notas)
• Soja (1 bife grande, 35 notas)
 

4 estrelas
• Açaí (1 copo/200 ml, 140 notas)
• Abacate (2 col. de sopa, 25 notas)
• Arroz branco ou integral (2 col. de sopa, 35 notas)
• Azeite (1 col. de chá, 25 notas)
• Frango (1 filé médio, 50 notas)
• Iogurte desnatado (1 pote, 35 notas)
• Leite desnatado (1 xíc./200 ml, 35 notas)
• Nozes (1 pires de café, 150 notas)
• Presunto magro (4 fatias finas, 50 notas)
• Pão integral (1 fatia, 30 notas)
• Peixe assado ou grelhado (1 porção média /100 g, 50 notas)
• Requeijão light (2 col. de sopa, 60 notas)
• Suco de laranja (1 copo pequena/130 ml, 25 notas)
 

3 estrelas
• Azeitona verde (1 pires de café, 35 notas)
• Camarão (1 pires de chá, 50 notas)
• Carne vermelha (1 filé médio, 50 notas)
• Empada (1 unidade, 90 notas)
• Goiabada (1 fatia média, 40 notas)
• Macarrão cozido (2 col. de sopa, 35 notas)
• Picolé de frutas (1 unidade, 40 notas)
• Queijo branco (1 fatia grossa, 60 notas)
• Refresco diet (à vontade)
• Vinho (1 taça, 60 notas)
 

2 estrelas
• Brigadeiro (1 unidade, 50 notas)
• Cheesebúrguer (1 unidade, 170 notas)
• Chocolate ao leite (barra de 30 g, 100 notas)
• Farofa (1 col. de sopa, 35 notas)
• Lingüiça (1 unidade pequena, 50 notas)
• Pão de queijo (2 unidades médias, 85 notas)
• Pizza (1 pedaço médio, 90 notas)
• Pipoca (1 saquinho, 45 notas)
• Pudim de leite (1 fatia média, 115 notas)
• Queijo gorgonzola (1 fatia média, 60 notas)
 

1 estrela

• Açúcar branco (1 col. de sopa, 40 notas)
• Batata frita (1 prato de sobremesa, 90 notas)
• Bacon (1/2 fatia fina, 25 notas)
• Biscoito recheado de chocolate (3 unidades, 100 notas)
• Chantily (1 col. de sopa, 95 notas)
• Creme de leite (1 col. de sopa, 25 notas)
• Leite condensado (2 col. de sopa, 70 notas)
• Pastel frito (1 unidade, 115 notas)
• Refrigerante (1 copo/200 ml, 25 notas)
• Suspiro (2 pequenos, 40 notas)

Exemplo de cardápio

O cardápio, criado pela nutricionista Isabela Bernardes, da Clínica Guilherme de Azevedo, mostra um dia saudável com 500 notas.

Cardápio
Um dia com 500 notas

Café-da-manhã (80 notas)
1 iogurte de frutas diet**** ( 30 notas)
4 fatias de peito de peru**** ( 50 notas)

Almoço (120 notas)

1 filé médio de frango**** ( 50 notas)
2 col. (sopa) de arroz ****( 35 notas)
2 col. (sopa) de feijão***** ( 25 notas)
Couve-flor e brócolis no vapor****** ( à vontade)
3 col. (sopa) de cenoura ******( 10 notas)

Lanche (50 notas)

Quiche pequena de legumes ***( 50 notas)
Chá diet****** ( à vontade)

Jantar (200 notas)

2 batatas medias cozidas ***( 70 notas)
4 col. (sopa) de atum *****( 100 notas)
Salada de agrião com tomate ******( à vontade)
4 col. (sopa) de palmito ******( 15 notas)
4 col. (sopa) de vagem cozida****** ( 15 notas)

Ceia (50 notas)

1 taça de sorvete diet*** ( 40 notas)
3 damascos secos ****( 10 notas)

Veja Passo a Passo Como 15 Minutos Por Dia Vai Ajudar Você a Manter a Saúde e Boa Forma em Dia

Edilson

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *